Aposentadoria por idade – Como conseguir se aposentar

A aposentadoria por idade se divide em 5 tipos, onde a mais conhecida é a aposentadoria por idade urbana.

Basicamente, os tipos de aposentadoria são:

Aposentadoria por idade urbana: esta é a aposentadoria mais comum, que será melhor explicada mais abaixo.

Aposentadoria por idade rural: esta aposentadoria é destinada àqueles trabalhadores rurais, sendo que ela é diferenciada por ter uma redução de 5 anos na idade para se aposentador, ou seja, o homem pode se aposentar com 60 anos de idade e a mulher com 55 anos de idade.

Aposentadoria por idade híbrida: esta aposentadoria é destinada para os trabalhadores que mesclaram na sua vida tanto um trabalho rural, quanto um trabalho urbano. Neste caso acaba sendo considerado a regra geral para aposentadoria, ou seja, 65 anos de idade para o homem e 60 anos para a mulher.

Aposentadoria por idade da pessoa com deficiência: como o próprio nome diz, esta aposentadoria é aquela destinado a pessoas com deficiência, seja ela física ou mental, não importando o grau de deficiência (pode ser uma deficiência pequena). A diferença desta aposentadoria para a comum, é que a pessoa poderá se aposentar 5 anos antes, da mesma forma que a aposentadoria rural, ou seja, 60 anos de idade para o homem e 55 anos de idade para a mulher. Um requisito importante é que a pessoa terá que comprovar que possui esta deficiência por no mínimo 15 anos, sendo que nestes 15 anos como deficiente tem que ter sido feito as devidas contribuições para o INSS.

Aposentadoria por idade compulsória: este é um dos tipos de aposentadoria mais inúteis que existe (não entendi a real utilidade dela ainda), vejamos… Neste caso, a empresa na qual você trabalha, poderá requisitar sua aposentadoria por idade quando você completar 70 anos de idade, se homem e 65 anos de idade, se mulher, desde que você tenha no mínimo 15 anos de tempo de contribuição. Mas o estranho desta modalidade de aposentadoria é que não traz nenhum benefício para a empresa e nem para o segurado. A empresa se aposentar a pessoa compulsoriamente, terá que pagar todas as verbas trabalhistas, como se tivesse demitido o funcionário por justa causa. Caso o segurado não queira esta aposentadoria compulsória, basta ir ao INSS e renunciar (desistir) ela, desde que não tenha sacado nenhum valor da aposentadoria ainda. Ou seja, não tem muita utilidade esta aposentadoria, o que vocês acham?

Requisito para todas os tipos de aposentadoria por idade: a lei exige que o segurado tenha no mínimo 15 anos de tempo de contribuição para conseguir se aposentar por idade, isto é chamado de “carência”.

aposentadoria por idade

Aposentadoria por idade Urbana

Neste tópico será explicado tudo a respeito da mais popular aposentadoria, chamada de aposentadoria por idade urbana.

Qual idade mínima tenho que ter?

Para se aposentar nesta modalidade é necessário ter no mínimo 65 anos de idade para o homem e 60 anos de idade para a mulher.

Quanto tempo de contribuição tenho que ter?

Apesar de ser uma aposentadoria por idade, existe sim um tempo de contribuição mínimo para consegui-la. Este tempo de contribuição mínimo é chamado de carência, sendo que a lei exige que você tenha no mínimo 15 anos de tempo de contribuição para conseguir a aposentadoria por idade.

Como faço para calcular o valor que vou receber?

O valor desta aposentadoria é calculado com base em todas as suas contribuições paga para o INSS após 07/1994.

Para saber como foi suas contribuições de 07/1994 até hoje, consulte seu CNIS no site do INSS (abaixo link com explicação para conseguir consultar).

Como consultar meu CNIS?

Com o CNIS em mãos, você terá que excluir as 20% menores contribuições que você pagou para o INSS e depois fazer uma média aritmética simples de todas as contribuições que sobraram, ou seja, as 80% maiores contribuições.

Após chegar ao valor da média, este é o valor do seu salário de benefício, seria o valor da aposentadoria integral que você teria direito. Porém, na aposentadoria por idade, você se aposenta com 70% deste valor, aumentando em 1% para cada ano de contribuição que você pagou para o INSS.

Exemplo: se sua média de contribuição foi de R$2.000,00 e possui 20 anos de tempo de contribuição, quando chegar aos 65 anos de idade, se homem, você terá direito a 90% do seu benefícios (70% é o mínimo, mais 20% referente aos 20 anos de tempo de contribuição), ou seja, receberá de aposentadoria R$1.800,00.

É um pouco complicado de e chegar a um valor correto da aposentadoria, pois exige bastante cálculo com muitos salários de contribuição, por isso, se você for advogado, é importante comprar um sistema previdenciário para fazer os cálculos e se você for segurado e queira saber exatamente o valor, é interessante contratar um advogado e fazer um planejamento da aposentadoria.

Solicite um orçamento de planejamento da aposentadoria clicando aqui.

Como conseguir um acréscimo de 25% na aposentadoria?

É muito comum as pessoas quando ficam mais velhas terem sua saúde mais debilitada. Quando alcançam um nível de debilidade alto e necessite de cuidados de uma pessoa (geralmente são cuidadores ou enfermeiras), a lei e os tribunais concedem um acréscimo de 25% na aposentadoria que o aposentado está recebendo para arcar com estes custos a mais.

Antigamente este acréscimo era possível somente para os aposentados por invalidez, mas hoje é possível em qualquer tipo de aposentadoria (se o INSS não conceder, judicialmente consegue este acréscimo).

Como dar entrada na aposentadoria?

Existem 3 formas de dar entrada na aposentadoria por idade hoje, que são:

  • Por telefone: ligar no número 135 e fazer o requerimento da aposentadoria por idade. Caso preencha todos os requisitos básicos citados anteriormente, sua aposentadoria é concedida automaticamente, sem necessidade de ir ao INSS.
  • Pela Internet: acessando o MEU INSS, você poderá solicitar online sua aposentadoria e será concedido automaticamente, da mesma forma que por telefone. Caso não saiba acessar o MEU INSS, clica aqui para se cadastrar no seu do INSS.
  • Ir ao INSS: caso não consiga fazer nas duas formas acima, único jeito é ir ao INSS e solicitar a aposentadoria no balcão do INSS.

Quais documentos devo apresentar no INSS?

Na aposentadoria por idade não há necessidade de ter documento algum. Atualmente essa modalidade de aposentadoria pode ser concedida automaticamente, desde que preenchido os requisitos de idade e tempo de carência.

Depois de dar entrada no INSS, você será informado se tiver a necessidade de apresentar alguma documento, mas isto será feito através de contato por e-mail ou telefone com você. Por isso é importante informar um e-mail que você tenha acesso na hora de fazer o requerimento.

 

Ficou com alguma dúvida ou quer se aprofundar mais sobre sua futura aposentadoria? Solicite um planejamento, clique “solicitar agora” abaixo e será direcionado para nosso formulário de atendimento.

Rodapé - planejamento de aposentadoria

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*