medicamentos gratuitos

Como conseguir medicamentos gratuitos?

É muito comum escutarmos no nosso dia-a-dia que: poxa, meu salário está indo todo em medicamentos para minha família; poxa, minha aposentadoria só serve pra bancar meus remédios…
Acredite se quiser, informação vale muito hoje em dia, então ai vai.

Você sabia que os Municípios, Estados e a própria União devem fornecer medicamentos gratuitamente?

Talvez existam pessoas que já saibam disso, pois geralmente quando você vai ao médico, ele mesmo já lhe orienta que você vá até os postos de saúde e faça o requerimento dos medicamentos que ele iria lhe receitar.
Geralmente funciona com remédios de baixa custo, como os analgésicos, anti-inflamatórios, remédios para gripe, entre outros.
Agora, é muito comum quando os remédios tem um valor um pouco mais alto, o SUS negue o medicamento e lhe oriente que somente as farmácias fornecem esse determinado remédio.
Geralmente, os mais comuns, são negados os remédios relacionados a uso contínuo para tratamento de doenças graves, como por exemplo: AIDS, câncer, diabetes, cirurgias mais complexas, próteses/órteses , entre outros.
Quem nunca ouviu falar que a vacina da famosa H1N1 era fornecida somente até determinadas idades ou a determinado público? Então, isto, legalmente, não pode ocorrer.
​​

Como fazer para conseguir o medicamento após a negativa?

Existem dois caminhos a seguir: o administrativo e o judicial.
Primeiramente é interessante você procurar as vias administrativas, pois nesta fase não é necessário ter advogado (é aconselhado ter um, mas não é obrigatório).
Traduzindo o que seria “vias administrativas”: nada mais é que procurar o SUS e fazer um requerimento POR ESCRITO, nada de solicitar no boca-boca junto ao atendente do SUS. Geralmente eles mesmos possuem um formulário de solicitação de medicamento, isto já basta como “requerimento por escrito”.
Você pode requerer isto tanto nos postos de saúde do seu município, como na secretaria de saúde (municipal ou estadual).
Após feito o requerimento, guarde o seu comprovante que fez a solicitação. Caso não tenha sido fornecido espontaneamente pelo atendente, exija que lhe fornece esse comprovante, conhecido como “protocolo”.
Quando tratar de medicamento de valores mais altos é comum demorar que seja dado uma resposta sobre o fornecimento ou não.
Na grande maioria dos casos o remédio é fornecido gratuitamente sem maiores problemas, a questão está simplesmente em saber pedir, pois o Governo não vai lhe fornecer algo de graça por livre e espontânea vontade.
Imagine se todas as pessoas começassem a pedir remédios de graça? O Governo ir começar a gastar mais, além das farmácias que ficariam sem clientes. Em um olhar mais “frio”, não haveria necessidade de ter farmácias, pois o Governo é obrigado a fornecer todos os medicamentos de graça, afinal, pagamos tantos impostos pra que?
Caso realmente o seu requerimento seja negado, não haverá outra alternativa além de procurar um advogado especialista para resolver seu problema e requerer o remédio judicialmente.

Quanto eu gastaria com um processo judicial?

Você deve olhar diferente e se perguntar: quanto vou economizar caso eu ganhe a ação?
É muito comum remédios de uso contínuo passarem de R$100,00, devendo ser comprado periodicamente. Então, o que custa mais caro, gastar um determinado valor com advogado ou pagar R$100,00 pela vida toda?
Temos exemplos de portadores de câncer que tem gasto de 2, 3, 4 mil reais mensais, sendo que deveriam estar ganhando gratuitamente do governo estes remédios.
Acredite se quiser, um advogado especialista na área fará você economizar MUITO.

Espero ter ajudado, se tiver alguma dúvida, deixe seus comentários abaixo ou entre em contato.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER

Um comentário sobre “Como conseguir medicamentos gratuitos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *