comportamento pericia

Dicas de como se portar em uma perícia

Muitos segurados da previdência social não tem noção de o que acontecerá em uma perícia médica, levando o segurado a cometer alguns erros.
Após as mudanças ocorridas nas perícias médicas, estamos vivendo um caos pela quantidade de benefícios sendo indeferido. Praticamente todos os segurados que estão aposentado por invalidez ou estão em auxílio-doença serão chamados para fazer a perícia médica.
Segue abaixo algumas dicas de como se comportar na perícia:
  1. O segurado deve questionar o perito sobre os procedimentos que ele adota para chegar a um indeferimento. O que mais ocorre é o perito não avaliar certamente o que incapacita o segurado, então demonstre para o perito o que realmente está acontecendo, conte sua história das dificuldades que esta incapacidade lhe traz.
  2. No dia da perícia não adianta nada você se arrumar todo e aparentar estar bem. A aparência na hora da  pode trazer um impacto diferente na hora do resultado. Seja você mesmo, vá a perícia igual como você passa o seu dia-a-dia.
  3. Leve todos os documentos referente a sua incapacidade, de preferência busque um médico antes para mostrar para o perito que aquele determinado médico lhe considera incapaz para o trabalho.
  4. Nunca diga a quanto tempo você está capaz, pois o INSS está entrando com ações contra os segurados que estavam recebendo aposentado por invalidez ou auxílio-doença e não tinham nenhuma incapacidade.
  5. Pesquise bem sobre sua incapacidade antes, o google é um ótimo instrumento de estudo. Caso você tenha uma noção sobre sua incapacidade, poderá discutir melhor com o perito.
Estas são algumas dicas que se você seguir irá lhe ajudar muito.
Se você está recebendo aposentado por invalidez ou auxílio-doença, se prepare, pois será inevitável você ter que passar por uma perícia que está cada vez mais rígida.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER

3 comentários sobre “Dicas de como se portar em uma perícia

  1. Boa tarde. Tenho uma perícia para pedido aposentadoria por invalidez. Recebo auxílio doença há 2 anos e 6 meses. Fiz dentro de 4 anos 3 cirurgias na coluna lombar L5 L4 S1 . A última cirurgia fazem 6 meses. Tenho 6 parafusos. Sinto dores fortíssimas. Não consigo fazer serviços domésticos. Tenho passado em pronto socorro constantemente devido dores intenção. Tenho 46 anos. Gostaria de saber quais as chances de eu conseguir aposentadoria? E como devo me portar. Agradeço.

    • Olha, no estado de Santa Catarina, onde meu escritório atua, está bem complicado conseguir qualquer coisa dentro do INSS.
      Provavelmente você terá que entrar judicialmente para conseguir a aposentadoria, mas existe boa chance de conseguir sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*