cancelamento do auxilio-doenca

Como reverter o cancelamento do auxílio-doença?

É muito comum o INSS efetuar o cancelamento do auxílio-doença através da chamada “alta programada”. Com este mecanismo o INSS lhe informará a data que você se tornará apto para trabalhar, seja esta alta daqui a 1, 2, 3 meses, isto varia.
O sistema do INSS é tão moderno que consegue prever a data que o segurado ficará curado sem fazer uma nova perícia, isto não é o máximo?
Diante desta fórmula mágica impossível do INSS que surgem inúmeras ações neste sentido, restabelecendo os benefícios que foram cortados com esta “alta programada”.
Este mecanismo utilizado pelo INSS é uma forma de burlar o dever que a autarquia tem de fiscalizar e fazer novas perícias, para somente depois efetuar o cancelamento do benefício (se assim for constatado).

O que fazer se meu benefício for cancelado?

Existe duas coisas que o segurado deve fazer:
1 – Quinze dias antes de cessar o prazo fixado pela “alta programada” o segurado deverá interpor um pedido de prorrogação do benefício junto ao INSS;
2 – Caso o pedido de prorrogação não seja aceito, poderá o segurado, no prazo de 30 dias, interpor um pedido de reconsideração do benefício.
Caso nada disto não lhe ajude, procure urgentemente um advogado especialista na área previdenciária, que, dependendo da situação, conseguirá reverter este cancelamento e até mesmo recuperar os meses em atraso que deixou de receber.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *