aposentadoria-do-porteiro

Como funciona a Aposentadoria do Porteiro?

A profissão do porteiro não é muito comentada no mundo das aposentadorias como diferenciada, mas atualmente o entendimento dos tribunais vem mudando, caracterizando esta profissão como especial sim.

Quais os perigos a saúde está exposto esta profissão?

A própria função do porteiro já é considerada perigosa, justamente pelo fato de ele ser a pessoa responsável pela entrada e saída das pessoas nos prédios e empresas.

Não é incomum de ser visto nos noticiários em que estes trabalhadores são assassinados. Isto ocorre pelo fato de a primeira pessoa que vai dizer não para o bandido é o porteiro, pois não pode facilitar a entrada deles no local que foi contratado para resguardar.

Tenho que trabalhar quanto tempo para me aposentar?

O porteiro tem direito a aposentadoria com 25 anos de tempo de contribuição, pois trata-se de uma aposentadoria especial.

O mais interessante deste tipo de aposentadoria, é que você não sofre incidência do fator previdenciário, ou seja, se aposenta com 100%.

Como computar o tempo de contribuição de outras profissões junto com o de porteiro?

Devemos analisar duas situações:
1) Caso essas outras profissões também sejam consideradas especiais, poderá somar o tempo delas junto com a de porteiro e buscar a aposentadoria com 25 anos de tempo de contribuição como aposentadoria especial;
2) Caso não sejam consideradas especiais, deverá fazer a conversão do tempo trabalhado como porteiro em tempo comum, ou seja, deverá multiplicar todo o tempo trabalhado como porteiro por 1,4. O resultado desta multiplicação deverá ser somado as outras profissões. Nesta situação você sofrerá o fator previdenciário, pois sua aposentadoria seria comum.
Exemplo 1: trabalhei 10 anos como o porteiro e 15 anos como enfermeiro. Nesta situação ambas as profissões são especiais, somando elas teremos 25 anos de tempo especial, conseguindo a aposentadoria especial.
Exemplo 2: trabalhei 10 anos como porteiro e 21 anos como balconista. Nesta situação, temos 10 anos de tempo especial de porteiro e 21 anos de tempo comum como balconista. Você deverá multiplicar os 10 anos por 1,4, ou seja, teremos 14 anos de tempo comum. Soma-se os 14 anos com os 21 anos de balconista, chegando aos 35 anos de tempo de contribuição, podendo solicitar aposentadoria por tempo de contribuição.

Já me aposentei, mas não tive a conversão como mencionado anteriormente, o que posso fazer?

É possível realizar uma revisão da sua aposentadoria e conseguir aumenta-la. Geralmente você ganhará bons valores de atrasados e como trata-se de atividade especial os valores da aposentadoria aumentam bastante.
Se você está em dúvida se está ou não nesta situação, busque auxílio de um especialista na área previdenciária, este profissional estará habilitado a lhe fornecer a informação mais precisamente.

Basicamente são estas as principais informações a respeito da profissão do porteiro na hora de se aposentar.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo ou entre em contato.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER

61 comentários sobre “Como funciona a Aposentadoria do Porteiro?

    • Boa noite Sr. Carlos.

      Você tentar se aposentar como porteiro no INSS, mas acredito que isso seja bem complicado de conseguir somente na via administrativa.
      Digo isto, pois o entendimento de que o porteiro é uma atividade perigosa e merece ter aposentadoria especial vem dos tribunais.
      Se você conseguir um bom advogado na área previdenciária com certeza terá sucesso e conseguirá se aposentar sim, mas somente se ingressar com um processo judicial.

    • O fato de ser a noite não interfere na questão de aposentadoria.
      O que você pode conseguir alguma benefício é pelo fato de exercer a função de porteiro.
      Esse tipo de aposentadoria você só vai conseguir através do judiciário, caso você dê entrada diretamente no INSS, com certeza eles não vão lhe conceder.
      Procure um advogado especialista em direito previdenciário, você provavelmente terá êxito.

  1. Boa noite tenho 6 anos de operador de telemarketing mais 4 anos de Comgás salubridade 11 anos de gerente sócio de lanchonete 4,6 de auxilar adiministrativo com esse tempo já consigo me aposentar aonde pretendo seguir com a profissão de porteiro ou controlador de acesso quanto faltaria nesta última profissão para aposentar ou dar entrada em uma aposentadoria?
    Att. Marcos

    • Boa tarde Marcos.
      Infelizmente não conseguimos fazer um cálculo exata para você somente com essas informações.
      O ideal é você fazer um cálculo de tempo de contribuição com um especialista, assim você ficaria ciente de como está sua vida contributiva.
      Sugiro que entre em contato conosco através do link abaixo, teremos o prazer de lhe ajudar a calcular sua aposentadoria perfeitamente.
      http://aposentadoriaja.com.br/calcular-aposentadoria

    • Sim Marcos.
      Toda carteira de trabalhado emitida gera um número chamado NIT. Com este número o INSS consegue acessar todas as suas contribuições e empresas que você trabalhou com aquela carteira de trabalho.
      Só não irá aparecer para o INSS, caso a empresas assine sua carteira de trabalho e não contribua.

    • Bom dia Jose.
      Realmente no INSS é praticamente impossível conseguir isso (pode tentar, mas é quase zero a chance de conseguir). Mas judicialmente você consegue sim.

  2. Gostaria de saber se o INSS reconhece o meu tempo de serviço como especial. 14 anos como vigilante e 13 como porteiro? Ou devo procurar a justiça?

  3. Bom dia.
    Meu esposo trabalhou doze anos e nove meses como mecânico e dez anos como porteiro,ele tem direito a aposentadoria especial? Ele ainda tem quatro anos em outras empresas.

  4. trabalhei 24 anos e 11 meses na daiwa do brasil textil com ruidos permanentes TODOS OS DIAS e 1 ano e 5 meses como porteiro no Hospital consigo a aposentadoria especial

    • Dá direito sim.
      Tente primeiro ir no INSS e solicitar, caso não consiga, busque o advogado.
      Mas já lhe adianto que é bem difícil o INSS aceitar.

    • Teoricamente faltaria somente 4 anos, porém, dependendo de outros empregos que você trabalhou anteriormente, seria possível aposentar até antes.

    • Não conheço muito bem o que um controlador patrimonial faz, mas como regra geral se essa sua função trás algum problema para sua saúde, terá direito a aposentadoria especial sim.

  5. tenho 29 de portaria na carteira ,então liguei no 135 ,fui até o inss,mas me deram 30 dias pra mim juntar os doc: inclusive um tal de pop,vou pedir na administradora ,e levar ,mas dizem que eles nega ,aí vou entrar judicial

    • Isso, o procedimento é este mesmo.
      Geralmente entro no INSS só porque a lei nos obriga, pois o INSS nega sempre nestas situações.

  6. Tenho 53 anos, somados o tempo de empresas + o de Exército (total 31 anos e 4 meses), e aplicados 1. 4 dos 10 anos de portaria (incluso nos 31 anos e 4 meses) daqui há 6 meses terei o tempo ideal para aposentadoria integral?

    • Boa tarde.
      Para se aposentar integral é necessário ter no mínimo 25 anos de tempo de contribuição exclusivo em lugar insalubres ou periculosos (no seu caso são somente 10 anos).
      Você provavelmente se aposentará com fator previdenciário, diminuindo cerca de 30-35% do valor total que você teria direito de aposentadoria.

  7. na realidade eu gostaria de pergunta eu trabalho em 2 condominio como porteiro em um faz 18 anos e em outro faz 13 anos e tenho 10 ano de outras empresas sendo 5 de uma grafica e 5 de uma prefeitura com relecao aos condominios vale o tempo de servico dos dois sou asinado nos dois

    • Bom dia.
      Valerá o tempo de serviço somente de 1 emprego.
      Será considerado uma fração muito pequena do outro emprego que praticamente não mudará nada no tempo de contribuição final.

    • Boa tarde Sr. Andelson.
      Provavelmente sim!
      É necessário analisar todo o contexto do seu trabalho para se chegar a aposentadoria especial, porém, a princípio você teria direito sim.

  8. Bom dia, Se for possível responder:
    Uma pessoa que trabalhou:

    JAN/81 a SET/82 = Empacotador = 1 ano e 8 meses
    NOV/82 a MAIO/83 = Porteiro = 5 meses
    JUL/83 a ABR/ 86 = Serviços Gerais = 3 anos
    Ago / 86 a SET/ 90 = Serviços Gerais 4 anos e 5 meses
    Maio/91 até NOV/2017= Porteiro (se aposentou e continua a trabalhar até presente data) = 26 anos e 7 meses

    Ou seja, ele se aposentou com 35 anos 8 meses e 17 dias (conforme Carta de Concessão)

    Como ele trabalhou 27 anos como Porteiro, teria direito a alguma aposentadoria especial?
    De fato, que se aposenta como Porteiro não há fator previdenciário?
    (Porteiro de Condomínio)

    Obrigado

  9. Boa tarde
    Trabalhei como porteiro 12 anos e como mecânico de manutençâo 14 anos.
    Tenho direito à aposentadoria especial?
    Obs: Empresas diferentes

  10. Bom dia tenho 10 anos de porteiro noturno, 7 anos uma metalúrgica e 9 anos na construção civil, sei que ainda falta 11 anos para mim aposentar pelo tempo normal, posso pegar o PPP da metalúrgica e guarda para mais tarde fazer a soma com o de porteiro, pois ainda exerço a função, tenho dúvidas.

    • Isso, o ideal é vocÊ conseguir todos os documentos agora.
      Lá na frente, quando for se aposentar, pode acontecer de as empresas fecharem, dai fica bem complicado de comprovar o tempo especial que você trabalhou nas empresas.

  11. Fui militar durante 7 anos , contribui com o inss mais 17 anos , e atualmente trabalho como porteiro a 8 anos , teria direito de algum acrescimo para me aposentar pelo tempo que fui militar e porteiro

  12. “A profissão do porteiro não é muito comentada no mundo das aposentadorias como diferenciada, mas atualmente o entendimento dos tribunais vem mudando, caracterizando esta profissão como especial sim.”
    Olá,
    Gostaria que o colega me enviasse algum precedente ou decisão acerca desse assunto, pesquisei e não encontrei nenhuma decisão.

    • Boa tarde GBS.
      No TRF4 existem algumas decisões neste sentido, os quais equiparam o porteiro a profissão de vigilante. Fica mais fácil esta equiparação se o porteiro estiver portando arma.
      Até 1995 a comprovação fica mais fácil, pois a função do porteiro fica equiparado com o Decreto nº 53.831 de 25.03.64, anexo III, código 2.5.7.
      Espero ter ajudado.

    • Boa tarde Roberto.
      Infelizmente não posso entrar com ações no Estado de São Paulo, minha OAB se restringe a processos no Estado de Santa Catarina.
      Único procedimento que faço para outros Estados é o planejamento da aposentadoria, o qual mostrarei pra você o melhor caminho para a aposentadoria.
      Se tiver interesse, entre em contato através do link abaixo:
      http://aposentadoriaja.com.br/planejamento-aposentadoria/

    • Boa tarde.
      Sim, você pode tentar se aposentar.
      Não é garantido que você consiga, mas existem entendimento de tribunais que aposentam o porteiro com 25 anos de tempo de contribuição.
      Consulte um advogado especialista na área do seu Estado, para ele lhe auxiliar judicialmente.

    • Acredito que não Edvaldo.
      Tem que analisar quais são suas funções como zelador, mas a princípio não teria direito não.
      Solicite para a empresa no qual você trabalha como zelador um documento chamado PPP, nele você consegue ter uma noção se cabe ou não uma aposentadoria diferenciada.

  13. Boa noite, tenho 33 anos de eletricista de manutenção em hospital ( recebo 20’/. de insalubridade) e concomitantemente trabalho como porteiro noturno à 17 anos, tenho 53 anos de idade. Já posso me aposentar? Grato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*