Saiba quando doença mais afasta o trabalhador com auxílio-doença

Dor nas costas é a doença que mais afasta trabalhadores no Brasil por mais de 15 dias. No ranking de auxílio-doença concedidos pelo INSS, ela aparece em primeiro lugar. Em 2016, 116.371 pessoas tiveram que se ausentar do emprego por no mínimo duas semanas por essa razão. Isso representa 4,71% de todos os afastamentos. O segundo motivo que mais afastou trabalhadores no ano passado foram fraturas de perna e tornozelo, seguidas das de punho e mão.

Os dados apontam que não são as atividades pesadas que mais afastam trabalhadores com dores nas costas e sim o serviço público, onde há um grande número de pessoas realizando funções repetitivas. Em segundo lugar estão as atividades relacionadas ao comércio varejista, em especial supermercados, seguidos dos ramos hospitalar, de construção de edifícios e transporte rodoviário de cargas.

A coordenadora-geral de Fiscalização e Projetos do Ministério do Trabalho, Viviane Forte, diz que que nessas atividades consideradas mais leves, as dores nas costas são menos evidentes do que na construção civil, por exemplo, porém também são graves. “No comércio, a dorsalgia é comum nas pessoas que trabalham como estoquistas, porque elas levantam caixas, fazem movimentos de agachar e levantar e acabam não prestando atenção na postura. Esse mesmo descuido ocorre com quem trabalha em escritório por muito tempo sentado na mesma posição”, explica.

auxílio-doençaAssim como ocorre com doenças como estresse e depressão, é difícil diagnosticar se as dores nas costas são causadas pela atividade profissional ou por algum outro problema externo. Mas Viviane entende que, independentemente da causa original, a postura no trabalho influencia no adoecimento. “As pessoas passam muito tempo do seu dia no trabalho. Se não tiverem o devido cuidado na maneira de se sentarem e realizarem suas atividades, ou se não respeitarem as pausas necessárias ao longo da jornada de trabalho, vão adoecer, independentemente de como e onde tenha surgido a dor”, alerta.

 

Principais motivos de afastamento

CategoriaFrequência
Dorsalgia116.371
Fratura da perna, incluindo tornozelo108.727
Fratura ao nível do punho e da mão93.507
Fratura do antebraço74.322
Fratura do pé (exceto do tornozelo)70.383
Outros transtornos de discos intervertebrais68.515
Lesões do ombro64.491
Leiomioma do útero62.220
Episódios depressivos52.308
Colelitíase51.802
Fratura do ombro e do braço51.717
Hérnia inguinal50.307
Transtornos internos dos joelhos48.029
Varizes dos membros inferiores43.694
Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos do joelho35.432
Outros transtornos ansiosos32.972
Apendicite aguda29.895
Sinovite e tenossinovite28.349
Hérnia umbilical27.020
Mononeuropatias dos membros superiores25.449
Outros1.334.285
Total2.469.795

 

Ramos de atividade onde mais ocorrem afastamentos por dorsalgia

ClasseFrequência
Administração pública em geral5.145
Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – hipermercados e supermercados2.852
Atividades de atendimento hospitalar2.751
Construção de edifícios2.487
Transporte rodoviário de carga2.276
Restaurantes e outros estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas1.769
Limpeza em prédios e em domicílios1.769
Transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, municipal e em região metropolitana1.496
Comércio varejista de ferragens, madeira e materiais de construção1.413
Confecção de peças do vestuário, exceto roupas íntimas1.144
Atividades de associações de defesa de direitos sociais1.023
Atividades de teleatendimento952
Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios934
Abate de suínos, aves e outros pequenos animais896
Serviços de catering, bufê e outros serviços de comida preparada835
Fabricação de açúcar em bruto815
Atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas anteriormente815
Hotéis e similares780
Atividades de Correio733
Comércio varejista de outros produtos novos não especificados anteriormente715
Condomínios prediais710
Atividades de vigilância e segurança privada682
Comércio de peças e acessórios para veículos automotores611
Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns587
Serviços de engenharia513
Locação de mão-de-obra temporária482
Fabricação de móveis com predominância de madeira472
Comércio varejista de produtos de padaria, laticínio, doces, balas e semelhantes460
Comércio varejista de produtos farmacêuticos para uso humano e veterinário457
Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações451
Construção de rodovias e ferrovias449
Comércio varejista de combustíveis para veículos automotores447
Comércio varejista especializado de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo445
Fabricação de álcool417
Abate de reses, exceto suínos416
Fabricação de produtos cerâmicos não-refratários para uso estrutural na construção399
Coleta de resíduos não-perigosos398
Bancos múltiplos, com carteira comercial392
Obras de engenharia civil não especificadas anteriormente386
Transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, intermunicipal, interestadual e internacional384
Comércio varejista especializado de móveis, colchoaria e artigos de iluminação377
Comércio atacadista de bebidas368
Incorporação de empreendimentos imobiliários355
Serviços combinados de escritório e apoio administrativo349
Fabricação de artefatos de material plástico não especificados anteriormente343
Serviços especializados para construção não especificados anteriormente333
Montagem de instalações industriais e de estruturas metálicas328
Atividades de organizações religiosas322
Fabricação de artefatos de concreto, cimento, fibrocimento, gesso e materiais semelhantes320
Comércio a varejo e por atacado de veículos automotores315
Outros71.803
Total116.371

Fonte: Sistema Único de Benefícios

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *